11/11/2020

 

Um olhar esperançoso: Primeiramente (Não Acabou) é o novo single da banda Tropicadelia

“Caro presidente, esteja ciente que não acabou”


Em 2018, a banda Tropicadelia lançou a música Primeiramente, canção que dialogava com o contexto da época. O cenário político era outro, o grito era “Fora Temer” e os discursos de ódio começavam a ferver. O atual presidente era apenas um pesadelo que desacreditávamos que poderia se tornar real, mas aconteceu. Estamos em 2020 e infelizmente o pesadelo não acabou, ainda há muito o que dizer sobre o que estamos vivendo (ou sobrevivendo?). 

O que nos dá esperança? Ver artistas transformando obscuridade em arte. Neste atual cenário, poucos momentos estão servindo para nos fazer refletir de forma positiva em relação ao futuro. Porém, quando encontramos pessoas se movimentando e não conformadas, o desânimo se torna um raio de esperança. É isso que sinto ao ouvir “Primeiramente (Não acabou)”, uma recomposição da música lançada em 2018. 

A Tropicadelia lançou o novo single através do Selo Curva, com a produção de Alexandre Soares e Fernando Kid. Primeiramente (Não Acabou) canta o que estamos vivendo hoje, situações mais pesadas com um tom mais leve na voz e na melodia (equilíbrio é tudo). Mas, a música não veio sozinha, fomos agraciados com um experimento social realizado pela fotógrafa e artista multimídia, Flávia Baxhix. 

Esse experimento aconteceu em novembro de 2019, durante um show no SESI Birigui. Em um cartaz, o público respondeu: Primeiramente, o que te aflige? O que te preocupa? O que te incomoda? 

Que ideia cirúrgica! As imagens se casaram com a música, provando que esse sentimento de inconformidade é coletivo, e precisa ser usado para combater o que está vindo pela frente. 

Bom, o resultado foi esse: 

 

Indiferença, racismo, homofobia, injustiça e todo tipo de preconceito estão presentes nas respostas. São pesadelos que parecem aumentar ao invés de diminuir. 

Eu estou muito feliz com o resultado desse trabalho tão bem cuidado pela banda, pela Flávia e pelos envolvidos na produção. Estou feliz que, apesar de tudo, ainda há pessoas preocupadas em passar uma mensagem de conscientização através da arte. Primeiramente (Não Acabou) conversa com tudo que vem acontecendo nesses últimos dois anos e indica um trabalho primoroso no EP que será lançado no final do mês. 

A banda Tropicadelia é composta pelo Fernando Kid (vocal e guitarra), Eduardo Martinez (baixo) e Renan Augusto Dias (bateria).

Redes sociais:
Instagram: @tropicadelia
Twitter: @tropicadelia
Facebook: @tropicadelia
Spotify: Tropicadelia
YouTube: Tropicadelia

Flávia Baxhix
Instagram: @flaviabaxhix

Bruna Domingos
Instagram: @brunadominngos

5 comentários:

  1. Oi, Bruna. Tudo bem? Gostei. Bandas como esta precisam ser mais divulgadas, o que dificilmente ocorre. Sorte para a banda neste árduo trabalho. Abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post e fiquei muito interessada!!!!
    Segui o seu blog e quero convidá-la a visitar e a seguir o meu blog de volta <3

    pimnetamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna,
    Não conhecia a banda e por consequência a música!
    Vou ouvir, desejo muito sucesso!
    beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Essa música é incrível e merece ser compartilhada. Eu não conhecia a banda, mas amei demais o vídeo e fiquei tocada com a música.
    Bjks!

    Mundinho da Hanna
    Pinterest | Instagram | Skoob

    ResponderExcluir
  5. Oie Bruna!

    A música é muito bonita e sem dúvidas traz a conscientização
    Gostei do clipe e da forma como ele foi montado também
    ainda harmonizou com a canção! que bonito o trabalho deles ♥

    Beijos!
    Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir