25/07/2019

 

Dia do Escritor: em especial, elas


No ano passado eu escrevi um post de agradecimento para todos que criam e contam histórias, por transformarem a minha vida em algo mais interessante. Hoje, eu quero homenagear as mulheres, em especial, por abrirem meu caminho de sonhos e confirmar que é possível escrever algo tão bom quanto qualquer outro. 

Para quem abre este blog as vezes, deve ter visto meu post sobre o Desafio Leia Mulheres 2019. Desde janeiro estou conseguindo separar livros escrito por mulheres para ler e exaltar a arte feita por elas. Cumprir essa meta está sendo muito importante para minha formação, principalmente por ter entendido o quanto as mulheres são negligenciadas no mercado literário. É terrível ainda encontrar uma seção, por exemplo, com o nome “literatura feminina”. Literatura é literatura e ponto. 

Avançamos bastante, quem conhece um pouco sobre as histórias de algumas escritoras sabe como o início foi difícil. Muitas usavam pseudônimos masculinos para conseguirem que suas obras fossem levadas a sério. Como aconteceu com as irmãs Brontë, começaram a carreira usando os nomes Currer, Ellis e Acton Bell. Em outras situações, houveram mulheres que tinham suas histórias roubadas, como aconteceu com Sidonie-Gabrielle Colette no início do século XX, ela escrevia livros e seu marido assinava todas as suas obras como dele. 

Atualmente nós superamos esse tipo de coisa, ou achamos que superamos, espero não ver mais situações como essas. Nossa liberdade de escrita foi conquistada em uma parte grande do mundo, agora precisamos conquistar mais espaços nas livrarias, nas rodas de conversa, nas mediações de eventos, e principalmente, ter mais espaço para falar de todos os gêneros literários. Felizmente, eu ando lendo notícias ótimas a esse respeito, os clubes de leitura para discutir obras feministas e obras escritas por mulheres estão crescendo de forma notável. 2019 está sendo um ano marcante, literariamente falando.

Dentro do desafio que estou fazendo já foram sete escritoras, então, obrigada Jane Austen, por me mostrar que um romance sem descrições de beijos picantes pode ser arrebatador. Obrigada, Marjane Satrapi, por abrir minha mente em relação ao estudo e conhecimento sobre o povo persa. Obrigada, Jarid Arraes, por me contar um pouco mais sobre a heroína dos Palmares, algo que me foi negligenciado por tanto tempo. Obrigada, Arundhati Roy, por completar ainda mais meus conhecimentos sobre a realidade da minoria no oriente. Obrigada, Helena Gomes e Rosana Rios, por me fazer suspirar com um romance cheio de suspense e fantasia. Obrigada, Virginia Woolf, por descrever as singularidades da vida e do ser através de contos. Obrigada, Cecília Meireles, por falar de mim em seus poemas, mesmo não fazendo ideia que um dia eu iria existir. Um obrigada para as futuras autoras que ainda lerei este ano, estou ansiosa para viajar em universos tão repletos. 

Enfim, para você que escreve, tenha um feliz dia e obrigada.

Bruna Domingos
Instagram: @brunadominngos

9 comentários:

  1. Olá, Bruna.
    Lindo post. O que séria de nós sem os escritores? hehe. Eu tenho lido mais mulheres que homens ultimamente, sinal que elas estão sendo mais publicadas que antes. Mas ainda ouço coisas do tipo que mulher só sabe escrever romance. Mas vamos na fé que isso via mudar hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Também escrevo. Amo.

    http://juliamodelodemodelo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Que linda homenagem as mulheres escritoras, e a todos que fazem a gente viver grandes histórias.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Bruna.
    Homenagem mais que merecida!
    Não conhecia o desafio, mas achei bastante interessante.
    Adorei o post.

    Beijos
    Construindo Estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna,
    Belo texto, ano passado eu só li mulheres, foi uma boa experiência, pois tive contato com diversos gêneros e escritas.
    Esse ano, estou lendo homens novamente, porém não deixo minhas autoras de lado não *-*
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi
    muito bom seu poste de homenagem, gostei do texto que escreveu, acabei não tendo tempo de fazer um poste para o dia do escritor.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Bruna, td bem?
    Linda sua homenagem! Graças a Deus o espaço das mulheres na literatura tem sido mais respeitado!
    Espero um dia ser escritora tbm e comemorar este dia como uma!
    Bjs
    A Colecionadora de Histórias - Blog

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna,

    Muito bonita sua homenagem! O que seria de nós sem eles não é? Rsrs
    Ultimamente tenho lido mais livros com autoras mulheres do que homens, elas ganharam um grande espaço ♥

    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  9. Que homenagem extraordinária. Sem os escritores não seríamos nada, eles refletem tudo que somos.

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir