17/04/2018

 

Resenha: Uma chance para recomeçar

Título: Uma chance para recomeçar
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 174
Editora Novo Conceito
Edição: 1ª

Uma chance para recomeçar narra a história de Mark Nolan, que após perder a irmã, Victoria, em um grave acidente, recebe a missão de criar a sobrinha Holly. Mas Mark não está sozinho, apesar de ser o tutor da menina, ele conta com a ajuda de seu irmão, Sam Nolan. O trauma de perder a mãe deixou algumas sequelas em Holly, além de ser uma criança introvertida, depois do acidente ela nunca mais pronunciou uma palavra. Isso deixou seus tios preocupados, pois não sabiam o que fazer para ter uma interação melhor com ela.

“Desde que haviam lhe falado da morte da mãe, Holly se manteve em silêncio,
respondendo às perguntas com um gesto de cabeça.
Tinha uma expressão distante e entorpecida, parecendo ter se recolhido
num mundo interior que ninguém podia invadir”, pg 16.

Em um de seus passeios com Holly pela ilha onde vivem, Friday Harbor, Mark conhece Maggie Conroy, uma mulher meiga e que mesmo com a perda do marido continuou acreditando em magia e nas coisas boas que a vida tem para oferecer. Porém, seu coração ficou fechado para o amor, pois sente o medo de passar pelo sofrimento da perda novamente.

Maggie tem uma loja de brinquedos, isso ajudou bastante em sua interação com Holly, que criou um apego especial a ela após ouvir sua história sobre fadas. A partir daí, a vida desses personagens começa a mudar. Tudo que Mark quer é que sua sobrinha recomece sua vida e sinta que, mesmo sem a mãe, ela tem uma família que a ama. E tudo que a pequena Holly quer é que o Papai Noel lhe dê apenas um presente.

“Querido Papai Noel, eu só quero uma coisa este ano.Uma mãe.
Por favor, não esqueça que eu moro em Friday Harbor agora. Obrigada.
Com amor, Holly”, pg 51.

A história se desenvolve em clima de Ação de Graças e Natal. Lisa Kleypas tem uma escrita muito leve, deixou a leitura ainda mais fácil. Apesar dos acontecimentos previsíveis, o toque de doçura não se perdeu no decorrer da narração. É importante não criar grandes expectativas, pois é um livro para ler em um fim de semana, sem muitas exigências.

Através deste livro é possível entender que podemos reescrever nosso destino, mesmo tendo que lidar com o inevitável. Aquele buraquinho que deixa nosso coração vazio pode ser o caminho de um recomeço. É uma mensagem muito óbvia, mas de tão óbvia, sempre é esquecida nos momentos difíceis. Livros como esse, simples e com mensagens clichês, são importantes para nos lembrar de que a vida é cheia de surpresas.

Outro ponto importante tocado por Lisa em seu livro, é sobre a união familiar. Se Mark não tivesse entendido a necessidade de apoio que a Holly teve, provavelmente sua superação seria mais difícil. Se Maggie não tivesse o apoio de sua família e amigos, sua chance para recomeçar não teria sido a mesma. Portanto, fica claro que quando temos o apoio de quem amamos, quando somos incentivados a fortalecer nossas fraquezas, tudo fica mais fácil. Dias bons e dias ruins virão, é fato, mas o foco tem que estar em viver um dia de cada vez como se fosse único. Por mais difícil que seja, é aí que está a magia.

Bruna Domingos

10 comentários:

  1. Oi, Bruna!
    Eu já conheço a Lisa pelos romances de época e amo. Com certeza vou curtir os romances contemporâneos.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Apesar de ser clichê, senti um toque diferente nessa premissa e realmente fiquei interessada em ler. Sua resenha é bem objetiva e muito bem escrita, gostei!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Bruna.
    Acabei de comentar em uma resenha que nunca li nada da autora fora os romances de época e esqueci desse livro. Eu amei ele. A história é leve e divertida. Eu li numa sentada e valeu muito a pena.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. such a lovely post dear i like it,thanks for sharing..

    https://clicknorder.pk online shopping in pakistan

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia esse livo, mas achei a capa muito linda e o enredo muito interessante!Eu gostaria de ler sim, porque a sua resenha me deixou bem curiosa.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2018/04/top-5-novidades-da-semana_20.html

    ResponderExcluir
  6. Oie,

    Nunca li nada da autora, nem os romances de épocas lançados recentemente, mas tenho curiosidade com sua escrita.
    Parece ser um livro simples, mas gostoso de ler.
    Bjs!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não conhecia o livro, mais o enredo me chamou bastante atenção. Gostei de saber que a autora aborda sobre a união familiar. Concordo com você, que muitas vezes o livro pode ser simples e com mensagens clichês, mais que também podem nos apresentar surpresas boas e que no final sempre nos marca. Dica anotada!
    Bjos

    www.momentosdeleitura.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Bruna,
    Eu amo o Natal e essa capa <3
    Não sou muito fã da Lisa, mas esse livro está na minha lista para ler em dezembro, porque gosto dessas leituras temáticas que me ajudam a entrar no clima de final de ano.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi
    esse parece ser uma história bem fofa e leria, pois fala sobre segunda chances na vida, felicidade a amor, deve ter seus pontos tristes, mas também encantador. Que bom que gostou de ler.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nunca li nada da autora, mas só conhecia os livros mais de época, desconhecia por completo esse e já fiquei com muita curiosidade =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir